sábado, 13 de junho de 2009

Nos Ombros de Gigantes (3)


O Passado...
Homens sem pressa, talvez cansados,
descem com leva madeirões pesados,
lavrados por escravos
em rudes simetrias, do tempo das acutas.
Inclemência.
Caem pedaços na calçada.
Passantes cautelosos desviam-se com prudência.
Que importa a eles o sobrado?
Gente que passa indiferente,
olha de longe, na dobra das esquinas,
as traves que despencam.
Que vale para eles o sobrado?
Quem vê nas velhas sacadas de ferro forjado
as sombras debruçadas?
Quem é que está ouvindo
O clamor, o adeus, o chamado?...
Que importa a marca dos retratos na parede?
Que importa as salas destelhadas,
e o pudor das alcovas devassadas...
Que importam?
E vão fugindo do sobrado, aos poucos,
os quadros do Passado.

Cora Coralina

1 comentários:

Edilberto 16 de junho de 2009 16:09  

Galera queria pedir desculpa em nome da equipe que faz o Pássaro de Minerva, pelo fato do blog está meio "parado" por estes dias. Mas sabe como é né?! Final do semestre na universidade, outras atividades, dois dos nossos membros estão com problemas no Pc.
Isso tudo acaba atrapalhando um pouco a execução das idéias e a publicação de novas postagens.
Mas de todo modo queriamos agradecer a participação, e reinterar os pedidos para que comentem nas postagens, para sabermos o que estão achando do blog e das postagens. Se gostarem das postagens comentem, se não gostarem critique e discorde, mas não deixe de dar sua colaboração.
Agradecido e um abraço a todos!

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.